O que é o comércio induzido pela experiência de compra?

Sem comentário

Embora os profissionais de marketing discutam o comércio baseado em experiência há vários anos, as recentes aquisições de plataformas de comércio eletrônico pelas principais nuvens de marketing levaram a um aumento no interesse pelo assunto.

Brad Rencher, vice-presidente executivo da Adobe, chegou a afirmar recentemente que o comércio orientado pela experiência é “o futuro do comércio”.

Mas o  que isso significa para os profissionais de marketing?

Para responder a essas perguntas e mais, a Econsultancy realizou uma mesa redonda em Sydney, em associação com a Magento e a eWave. Nas mesas moderadas por Jake Hird, Consultor de Lead (ANZ, SapientRazorfish), Paul-Henri Boudet, Consultor de Marketing de eCommerce e Peter Lines, Diretor Digital (DBZ), os profissionais de marketing nos disseram o que pensavam sobre o comércio orientado para a experiência e algumas das oportunidades e desafios apresentados.

O que é Comércio de Experiência?

A característica definidora do comércio induzido pela experiência é que as empresas que o utilizam se esforçarão para apoiar o consumidor final, independentemente de estarem online ou offline.

Para fazer isso, os profissionais de marketing precisam entender o que os clientes estão fazendo ao passar por pontos de contato físicos e digitais e, em seguida, fornecer experiências críticas de marca no ponto certo.

Isso significa que os profissionais de marketing precisam coletar dados da jornada do cliente, pensar em onde a marca pode agregar valor e fornecer conteúdo e experiência para melhorar a jornada.

O resultado é uma jornada omnicanal ou até mesmo “sem canal”, que visa satisfazer as necessidades do cliente, independentemente se a viagem acabar em uma transação.

Mesa redonda organizada pela Econsultancy em Sydney, com a participação da Magento e a eWave.

Oportunidades

Os participantes sentiram que o recente impulso para o comércio orientado pela experiência pode ser uma indicação de que o comércio eletrônico puro atingiu o pico em mercados maduros, e que há maiores oportunidades de negócios com soluções multicanais orquestradas. Um participante apontou que os recentes esforços da Amazon no comércio off-line (por exemplo, livrarias físicas da Amazon e compra da Whole Foods) são evidências de que as empresas de e-commerce precisam considerar a experiência do cliente online e offline juntas.

Outro disse que o comércio orientado pela experiência ofereceu aos profissionais de marketing a oportunidade de construir relacionamentos mais profundos com os consumidores, e não apenas impulsionar as transações. A implementação de uma experiência unificada do cliente em todos os pontos de contato também permitiria que os profissionais de marketing criassem segmentos com base em comportamento, redesenho produtos e serviços para incentivar reordenamentos e tornar o marketing mais valioso para os negócios.

E, uma vez que as organizações estejam focadas no comércio induzido pela experiência, elas terão uma estrutura para adotar novas tecnologias, como a pesquisa por voz, que melhorará sua capacidade de fornecer conteúdo e experiências no lugar certo e no momento certo.

Fonte: Magento.

Solicite um Orçamento

Oferecemos serviços profissionais de SEO que ajudam os sites a aumentar sua pontuação de pesquisa orgânica drasticamente para competir pelos rankings mais altos mesmo quando se trata de palavras-chave altamente competitivas.

Mais do nosso blog

Ver todos os posts
Sem comentário
 

Deixar seu comentário