Como o cadastro de produtos influencia sua performance no marketplace

Cada marketplace tem suas regras e peculiaridades, isso não é novidade. Mas por que existe tanta burocracia no cadastro de um produto? Não seria mais fácil para todos os envolvidos se não houvesse tanto mimimi na hora de anunciar? Afinal, todos saem ganhando, não é mesmo?

Na verdade, não é bem assim.

Essa é uma forma muito equivocada de ver essas regras. Por mais que sejam impostas pelos marketplaces, elas existem para manter a ordem e o equilíbrio entre os lojistas, além da harmonização visual dentro dos sites. Garantindo que o foco seja sempre o atendimento ao cliente e a sua experiência de compra. No fim, não só os compradores conseguem benefícios com tudo isso, mas os sellers também. Uma vez que um cadastro bem feito de produto te ajuda a conseguir anunciar mais rápido os seus produtos, fidelizar seus clientes e garantir um ótimo posicionamento dentro das plataformas.

Se você anuncia na internet, tenho certeza que seu objetivo é a venda. Mas, para vender, é necessário fazer um cadastro de produto bem feito. Não existe fórmula mágica, tem que colocar a mão na massa mesmo! Se tratando de marketplace, o assunto fica ainda mais sério, pois um bom cadastro de produto acelera o processo de publicação e é decisivo na hora da venda. 

E, vamos ser realistas? Se você não faz um bom anúncio, outra loja vai fazer. E mais: você pode até não cadastrar seus produtos nos marketplaces, mas saiba que toda sua concorrência, com certeza, estará lá, um passo à sua frente.

Imagine que você abriu uma loja em um shopping muito movimentado. Seu produto está sendo exposto em uma vitrine e milhares de pessoas passam na frente da sua loja o dia todo, várias vezes. É exatamente isso que acontece quando você anuncia no marketplace. É como um grande shopping, com várias lojas e pessoas com diversos interesses.

E como ser percebido nesse grande shopping?

 

REGRAS PARA UM CADASTRO IDEAL DE PRODUTOS

 

cadastro-produtos-marketplaces-projecttus

 

É muito importante cadastrar corretamente seus produtos antes de iniciar suas vendas. Faça uma pesquisa e veja como a concorrência está se posicionando. Olhe os anúncios deles que estão no topo das vendas e analise de forma crítica: por que eles estão no topo? Há alguns detalhes pontuais para serem analisados nessa hora.

Os títulos, as descrições e as imagens são decisivos na hora da compra. Eles são a primeira impressão que um cliente tem sobre uma loja. Ou seja, a seriedade da sua empresa, o nível de profissionalismo e o quanto seu cliente pode confiar em você estão estampados ali. Não só isso, mas um cadastro bem feito é o que vai ajudar o usuário a achar com precisão o seu produto.

Quando cadastramos os produtos nos marketplaces, eles entram em uma fila de catalogação. Esse processo pode durar de 24hs a até 3 meses e serve para verificar se as exigências foram atendidas e se o produto já pode ser comercializado. O cadastro é muito importante porque os anúncios que não seguem corretamente as exigências são rejeitados, automaticamente. Acabando com todo seu trabalho. Um bom cadastro evita que isso aconteça e gera conversão mais rápido.

Título:

As palavras que vamos usar precisam fazer um “match perfeito” com aquilo que o usuário está buscando. É um item de rankeamento dentro dos marketplaces. O usuário precisa achar o que ele está pesquisando e o termo tem que ser exatamente igual o produto. A quantidade de caracteres do título varia de acordo com cada marketplace.

O título ideal seria composto pela seguinte fórmula:

PRODUTO + MARCA + MODELO + 2 OU 3 CARACTERÍSTICAS SIMPLES

Ex: Cadeira Tramontina Eiffel Com Base De Madeira

Sendo que algumas restrições de título é o uso de caixa alta, caracteres especiais (@#!$%&*-/), hífen ou erros gramaticais.

cadastro-produtos-marketplaces-projecttus-2

Imagem: B2W

Descrição:

É um texto informativo e bem detalhado, que orienta sobre o produto anunciado. Você precisa o escrever com clareza para evitar possíveis dúvidas do usuário. A quantidade de caracteres da descrição varia de acordo com cada marketplace. Existem algumas restrições quanto ao que pode ser colocado na descrição: marca d’água, selos promocionais, textos sobrescritos ou de difícil compreensão. Também não é permitido inserir redes sociais, contatos e links ou qualquer informação que direcione o cliente para fora do site.

Fotos:

Já ouviu aquela frase “Não julgue o livro pela capa”? Pois bem, tratando-se de marketplace, o seu produto vai ser julgado sim. Algumas pesquisas do portal E-Commerce Brasil já apontam para o fato de que estamos na era do photoshopping. Que é quando o consumidor, na hora de buscar por um produto ou serviço, utilizam a pesquisa por imagem. Este modelo de busca deverá ser cada vez mais comum e, logo, responderão a 50% de todas as buscas. Ou seja, a imagem é de extrema importância!

Nossa dica para você é: quando for tirar a foto de seu produto, procure produzir imagens com fundo branco e de alta qualidade, para que o cliente veja exatamente o que está sendo oferecido. Dê preferência a mostrar o produto inteiro e colocar fotos com todos seus detalhes.

Não faça isso:

cadastro-produtos-marketplaces-projecttus-3

Imagem: Mercado Livre

Atributos/características:

Quando o comprador busca um produto, ele quer saber se o que está sendo oferecido atende a sua necessidade e seu desejo. Se a informação não estiver ali, as chances de ele ir embora, abandonando a compra, são grandes. Essa regra vale também para a descrição! Um produto com características bem estruturadas evita futuras dúvidas que o cliente possa ter.

Ex: Ao vender um óculos, o cliente quer saber a cor da lente, a cor da armação, o tamanho do óculos, se ele é de grau ou de sol, qual o seu material etc. Sabendo disso, você deve cadastrar todas essas informações e o que mais tiver.

cadastro-produtos-marketplace-projecttus-descricao

Imagem: B2W

Categorização do produto:

É a categorização do produto que ajuda o cliente a encontrar exatamente aquilo que procura, por meio dos filtros de busca dos sites. Se você é um lojista e vende um celular, por exemplo, vai incluí-lo na categoria “tecnologia”. Da mesma forma que o seu cliente, ciente de que busca um celular, vai direto nessa categoria em busca do modelo ideal.

Já vi casos onde o seller fez a categorização de forma incorreta e, mesmo com um bom produto e uma boa loja, a performance do anúncio foi bem ruim. Casos como esse podem acarretar até no bloqueio de sua loja no marketplace.

cadastro-produtos-marketplace-projecttus-titulo

Imagem: Mercado Livre

Outros fatores importantes:

Ainda há outros fatores que influenciam muito na sua venda: o preço, frete, prazo de envio e estoque. Mas quanto ao cadastro em si, é só dar uma atenção ao que foi falado acima!

Às vezes o foco está muito no produto e no valor dele, com uma crença falsa de que outros fatores são detalhes. Mas estar atento a cada pequena coisa é que que vai projetar seu produto de forma a gerar lucratividade, competitividade e evitar impacto negativo sobre a empresa.

Um cadastro bem feito, seguindo essas regrinhas, é um dos itens que influenciam na boa colocação do seu produto dentro da buy box. E a importância de uma boa colocação no anúncio, é incalculável!

As regras dos marketplaces servem para auxiliar sua loja e otimizar ainda mais a busca pelo seu produto. Então, antes de duvidar ou questionar o porquê de tantos campos e detalhes, preencha tudo e siga as regras. Você só tem a se beneficiar.

 

O que você acha sobre esse assunto? Comente aqui embaixo, queremos te ouvir! E, caso tenha alguma dúvida, venha tomar um café com a gente, nós queremos solucionar seus problemas (:

Receba artigos e materiais gratuitos

Cadastre seu e-mail e fique por dentro das novidades, com dicas e artigos do mundo dos negócios on-line.

Mais do nosso blog

Ver todos os posts