fbpx
parceiro-magalu-projecttus

Parceiro Magalu: saiba mais sobre a plataforma de vendas da Magazine Luiza

Meio a pandemia que estamos vivendo por causa do coronavírus, muitas marcas têm buscado formas para colaborar com a sociedade de alguma forma. A grande varejista Magazine Luiza, por sua vez, acelerou o lançamento de uma plataforma que vinha planejando: o Parceiro Magalu, lançado nesta terça-feira (31).

parceiro-magalu-projecttus

A plataforma digital de vendas surgiu com o intuito de auxiliar autônomos, micro e pequenos varejistas a continuarem vendendo durante o isolamento social causado pela pandemia. Através dela, será possível que esses trabalhadores criem gratuitamente sua própria loja virtual e vendam os produtos divulgando por meio de suas redes sociais individuais. 

Segundo uma nota divulgada pela própria empresa, hoje o Brasil possui 5 milhões de empresas varejistas, mas somente 50 mil delas vendem seus produtos digitalmente. A plataforma já estava em desenvolvimento, mas a empresa decidiu acelerar e a finalizou em cinco dias, quando perceberam a grande diferença que ela faria tanto para os varejistas como para autônomos buscando uma renda extra.

Como funciona o Parceiro Magalu?

Dentro da plataforma, existem duas opções uma para pessoas físicas e outra para pessoa jurídica (que pode ser varejistas com loja física ou microempreendedores). Esses microempreendedores que operam como MEI, devem receber um faturamento anual de até 81 mil reais, já no regime do Simples Nacional, é para empresas com faturamento menor que 5 milhões ao ano.

Para quem entrar na categoria de pessoa física, os passos são os seguintes: primeiro você cria sua loja virtual e tem acesso a mais de 7 milhões de produtos para adicionar. Então é necessário assistir aos conteúdos e aprender como divulgar. Feito isso, você começa a divulgar a loja e os produtos em suas próprias redes sociais. Quando algo vender, a própria Magalu faz a cobrança, a entrega e também o pós-venda. Quando você acumular mais de R$50,00 em comissões, já irá receber diretamente em sua conta. Essas comissões variam entre 1 e 12%, dependendo do produto, da categoria e do volume total vendido.

Já para quem inscreve sua loja, como pessoa jurídica, os passos são os seguintes: é preciso assistir os conteúdos e realizar o treinamento, depois cadastrar sua loja e seus produtos. A Magalu vai vender e realizar a entrega e, depois, o dinheiro cai direto para você. A comissão pedida para essa modalidade é de apenas 3,99%.

São de iniciativas como essa que precisamos nesse momento. As lojas precisam se unir e buscar se reinventar para enfrentar esse período! 

Se quiser saber mais sobre o Parceiro Magalu, confira esse vídeo:

Últimos posts publicados

View all projects

Como definir palavra-chave para cada campanha

Palavras-chave são palavras ou termos pesquisados na busca de um produto ou serviço na Internet. Escolher…
Leia mais

Redução de custos para controle financeiro

Um dos fatores que mais geram dúvidas entre os donos de lojas virtuais é como fazer…
Leia mais

E-commerce responsivo

Como você já deve ter percebido, o uso de smartphones e tablets aumentou rapidamente nos últimos…
Leia mais

Receba artigos e materiais gratuitos

Cadastre seu e-mail e fique por dentro das novidades, com dicas e artigos do mundo dos negócios on-line.

Mais do nosso blog

Ver todos os posts