fbpx

O que é o comércio induzido pela experiência de compra?

Embora os profissionais de marketing discutam o comércio baseado em experiência há vários anos, as recentes aquisições de plataformas de comércio eletrônico pelas principais nuvens de marketing levaram a um aumento no interesse pelo assunto.

Brad Rencher, vice-presidente executivo da Adobe, chegou a afirmar recentemente que o comércio orientado pela experiência é “o futuro do comércio”.

Mas o  que isso significa para os profissionais de marketing?

Para responder a essas perguntas e mais, a Econsultancy realizou uma mesa redonda em Sydney, em associação com a Magento e a eWave. Nas mesas moderadas por Jake Hird, Consultor de Lead (ANZ, SapientRazorfish), Paul-Henri Boudet, Consultor de Marketing de eCommerce e Peter Lines, Diretor Digital (DBZ), os profissionais de marketing nos disseram o que pensavam sobre o comércio orientado para a experiência e algumas das oportunidades e desafios apresentados.

O que é Comércio de Experiência?

A característica definidora do comércio induzido pela experiência é que as empresas que o utilizam se esforçarão para apoiar o consumidor final, independentemente de estarem online ou offline.

Para fazer isso, os profissionais de marketing precisam entender o que os clientes estão fazendo ao passar por pontos de contato físicos e digitais e, em seguida, fornecer experiências críticas de marca no ponto certo.

Isso significa que os profissionais de marketing precisam coletar dados da jornada do cliente, pensar em onde a marca pode agregar valor e fornecer conteúdo e experiência para melhorar a jornada.

O resultado é uma jornada omnicanal ou até mesmo “sem canal”, que visa satisfazer as necessidades do cliente, independentemente se a viagem acabar em uma transação.

Mesa redonda organizada pela Econsultancy em Sydney, com a participação da Magento e a eWave.

Oportunidades

Os participantes sentiram que o recente impulso para o comércio orientado pela experiência pode ser uma indicação de que o comércio eletrônico puro atingiu o pico em mercados maduros, e que há maiores oportunidades de negócios com soluções multicanais orquestradas. Um participante apontou que os recentes esforços da Amazon no comércio off-line (por exemplo, livrarias físicas da Amazon e compra da Whole Foods) são evidências de que as empresas de e-commerce precisam considerar a experiência do cliente online e offline juntas.

Outro disse que o comércio orientado pela experiência ofereceu aos profissionais de marketing a oportunidade de construir relacionamentos mais profundos com os consumidores, e não apenas impulsionar as transações. A implementação de uma experiência unificada do cliente em todos os pontos de contato também permitiria que os profissionais de marketing criassem segmentos com base em comportamento, redesenho produtos e serviços para incentivar reordenamentos e tornar o marketing mais valioso para os negócios.

E, uma vez que as organizações estejam focadas no comércio induzido pela experiência, elas terão uma estrutura para adotar novas tecnologias, como a pesquisa por voz, que melhorará sua capacidade de fornecer conteúdo e experiências no lugar certo e no momento certo.

Fonte: Magento.

Últimos posts publicados

View all projects

Como definir palavra-chave para cada campanha

Palavras-chave são palavras ou termos pesquisados na busca de um produto ou serviço na Internet. Escolher…
Leia mais

Redução de custos para controle financeiro

Um dos fatores que mais geram dúvidas entre os donos de lojas virtuais é como fazer…
Leia mais

E-commerce responsivo

Como você já deve ter percebido, o uso de smartphones e tablets aumentou rapidamente nos últimos…
Leia mais

Receba artigos e materiais gratuitos

Cadastre seu e-mail e fique por dentro das novidades, com dicas e artigos do mundo dos negócios on-line.

Mais do nosso blog

Ver todos os posts