fbpx
O aumento de lojas virtuais na pandemia

O aumento de lojas virtuais na pandemia

A pandemia impactou de diferentes formas vários setores da economia. Com os decretos de lockdown para tentar conter a propagação do Coronavírus, muitos comércios acabaram fechando as portas. Mas, o que foi complicado para alguns setores, tornou-se uma nova oportunidade de negócio e impulsionou o crescimento das lojas virtuais.

Os comerciantes e empreendedores precisaram se reinventar. Essa necessidade de mudança, aliada a demanda por conta do isolamento social, iniciou a busca por uma alternativa que mantivesse as vendas e ajudasse as lojas a continuar funcionando. Essa alternativa foi o e-commerce.

O setor de e-commerce “explodiu” de 2021 pra cá. Desde o início das medidas de contenção do vírus, na segunda quinzena de março de 2020, o número de novas lojas virtuais no Brasil aumentou 400% ao mês, segundo a ABComm.

As medidas restritivas, a limitação do tráfego de pessoas e o fechamento do comércio físico, tornaram-se fatores decisivos para o crescimento do comércio virtual. O segundo trimestre de 2020 foi expressivo para o setor de compras online, tendo um crescimento de 48% no Brasil.

O setor bateu recordes jamais vistos, a ABComm estima que 20,2 milhões de consumidores realizaram pela primeira vez uma compra pela internet em 2020 e que 150 mil lojas passaram a vender também por meio das plataformas digitais. Foram mais de 301 milhões de compras pela internet

No cenário brasileiro, os e-commerce ligados à informática, livraria e papelaria e móveis e eletrodomésticos, foram os que mais cresceram, seguidos pelas lojas de beleza, saúde e moda.

As pessoas perderam o medo de comprar online e o consumidor está confiando cada vez mais nas lojas virtuais, o que tem consolidado o e-commerce como uma tendência que veio para ficar.

Esse novo hábito de consumo tem ganhado relevância no setor de varejo, e, em alguns casos, tornou-se vital para a sobrevivência dos estabelecimentos.

No início da pandemia, houve um aumento nos setores mais relevantes para o consumo imediato. Mas, com a continuidade das restrições de acesso ao comércio tradicional, esse avanço alcançou inclusive outras categorias como games e brinquedos, esporte e lazer, informática e mesa e banho.

A tendência é que esse crescimento no ramo de lojas virtuais aumente ano a ano, já que o comportamento do consumidor tem mudado, e os jovens estão consumindo cada vez mais pelo celular.

pandemia mudou drasticamente nosso comportamento em relação ao universo online, e algumas mudanças provavelmente vieram para ficar. Por isso, é certo que ainda há muito espaço para o crescimento do e-commerce e que as perspectivas seguem promissoras para o setor.

Visite nosso site e acompanhe nosso Facebook e Instagram para saber mais sobre e-commerce e as inovações do mundo digital.

Últimos posts publicados

View all projects

E-commerce responsivo

Como você já deve ter percebido, o uso de smartphones e tablets aumentou rapidamente nos últimos…
Leia mais

Importância dos links externos para o Google

A importância dos links externos para o Google está diretamente relacionada à maior classificação no mecanismo…
Leia mais

O que são campanhas Ads de alta performance?

Campanhas Ads de alta performance são aquelas que geram excelentes taxas de conversão, transformando leads em…
Leia mais

Receba artigos e materiais gratuitos

Cadastre seu e-mail e fique por dentro das novidades, com dicas e artigos do mundo dos negócios on-line.

Mais do nosso blog

Ver todos os posts