fbpx

Por Gustavo Chapchap.

Os principais motivos de abandono do carrinho

Antes de planejarmos ações para combater o abandono do carrinho, devemos entender todo o processo de compra na visão do cliente. Para isso, um estudo produzido pela Baymard Institute é muito interessante. Eles fizeram um levantamento entre 37 e-commerces americanos, avaliando as causas dos abandonos.

Nesse estudo, a taxa média de abandono de carrinho encontrada foi de 69,23%, um número que mostra a grande importância de trabalhar para redução desse indicador, junto ao potencial que esse objetivo apresenta.

Entre os principais motivos, estão:

  • o custo elevado de frete;
  • a necessidade de cadastro no site;
  • o processo de checkout longo e complexo;
  • a dificuldade em conhecer o valor final da compra antes do fechamento;
  • erros de operação no ambiente online;
  • a falta de confiança no site;
  • entre outros.

Além desses motivos, devemos considerar a dificuldade de navegação em um site que não é responsivo, ou seja, que não está preparado para os dispositivos móveis. Esses são os principais motivos que levam os potenciais clientes a abandonarem o processo de compra de produtos ou serviços de um e-commerce.

As melhores ações para redução da taxa

Agora que já avaliamos o que leva um possível cliente a não fechar um pedido, torna-se possível planejarmos e tomarmos ações para reduzir essa taxa de desistência e, assim, aumentarmos as vendas.

A seguir, mostraremos as melhores formas de solução. Veja:

1. Crie um formulário objetivo e intuitivo

Muitas empresas pecam no processo de checkout ao solicitar o preenchimento de um cadastro longo e complexo, com informações que os leads não sabem de cor. Os formulários devem ser sempre bem objetivos, focando nas informações que realmente são necessárias para concluir o pedido.

Quanto mais dados desnecessários a empresa solicitar, maior a chance de aquele possível cliente entrar na lista de abandono do carrinho. Portanto, simplifique seus formulários e implante o recurso de preenchimento intuitivo em etapas.

2. Dê a opção do login social

Pensando em uma forma até melhor de agilizar o processo de cadastro citado no item anterior, o login social é uma ótima saída. Como as redes sociais já se tornaram parte integrante da rotina das pessoas, nada mais interessante que usar os dados já preenchidos para agilizar o processo de fechamento.

Com o login social, basta a pessoa clicar nessa opção e todos os dados necessários já estarão preenchidos, diminuindo o tempo e esforço necessários para o cadastramento e aumentando a chance de conclusão.

3. Facilite o preenchimento dos dados bancários

Grande parte das desistências está associada a falta de conhecimento de quais dados bancários devem ser fornecidos ou da desconfiança em apresentá-los no site.

Para o primeiro caso é interessante que, durante o processo de checkout, imagens ilustrativas ajudem a pessoa a identificar os dados no cartão. Os códigos verificadores que ficam na parte de trás do cartão podem gerar dúvidas durante a compra.

Para contornar a falta de confiança para fornecer os dados, é recomendado contar com certificados que asseguram a confiabilidade do site, mostrando que todas as informações estão sob sigilo e proteção.

4. Identifique o cliente já conhecido

Imagine que você entrou em uma loja virtual, encontrou produtos que deseja, fez todo o processo de checkout e finalizou a compra. Dias depois o seu produto chegou e você ficou satisfeito. Em uma nova necessidade, voltou ao site com o intuito de fazer outra compra. Porém, todos aqueles dados já cadastrados foram solicitados novamente. É bem chato isso, não é?

Para evitar esse transtorno, a identificação de um cliente que já comprou no seu e-commerce é muito inteligente. Esse reconhecimento automático para a recompra facilita o processo e ajuda a fidelizar o cliente com a marca.

5. Ofereça um ambiente responsivo

Com a crescente utilização dos dispositivos móveis para as mais diversas atividades, devemos sempre priorizar a construção de páginas e sites na internet que são responsivos.

Essa responsividade garante que as páginas serão ajustadas para qualquer tela de dispositivo utilizado, mantendo uma boa usabilidade e a facilidade de encontrar as informações necessárias.

6. Mostre o resumo do pedido durante a jornada de compra

Por fim, para mostrar uma maior confiança ao consumidor e mantê-lo sempre atualizado quanto ao seu pedido, é recomendado criar um resumo do pedido durante a jornada de compra. Essa ação permite que ele visualize o que está colocando no carrinho, dando as opções de acrescentar itens, retirar e alterar conforme for a necessidade.

Esse acompanhamento gera credibilidade e evita o abandono do carrinho por falta de informações, como o valor de entrega, por exemplo.

Portanto, para ter sucesso em um e-commerce é preciso sempre estar atento à taxa de abandono do carrinho, conhecendo as principais razões que elevam esse indicador e traçando planos de ações para solucionar as falhas.

Gostaria de entender melhor sobre estas Ações e deixar a sua Loja Virtual ainda mais fácil de navegar? Entre em contato conosco e solicite um orçamento.

Fonte: E-commerce Brasil.

Últimos posts publicados

View all projects

Como definir palavra-chave para cada campanha

Palavras-chave são palavras ou termos pesquisados na busca de um produto ou serviço na Internet. Escolher…
Leia mais

Redução de custos para controle financeiro

Um dos fatores que mais geram dúvidas entre os donos de lojas virtuais é como fazer…
Leia mais

E-commerce responsivo

Como você já deve ter percebido, o uso de smartphones e tablets aumentou rapidamente nos últimos…
Leia mais

Receba artigos e materiais gratuitos

Cadastre seu e-mail e fique por dentro das novidades, com dicas e artigos do mundo dos negócios on-line.

Mais do nosso blog

Ver todos os posts