Um bom design de loja virtual ajuda a vender mais

0

O site E-commerce Brasil publicou uma matéria sobre o quão importante é ter uma loja virtual com um bom design e quais as vantagens que isto proporciona aos seus clientes.
Confira:

Um bom design sempre ajuda a vender, em qualquer material de comunicação de uma empresa. Mas, no caso de e-commerce, o visual da loja online é muito importante.

Existem diversas providências que devem ser tomadas para que o design da loja ajude nas vendas, tornando a página atraente, confiável, fácil de navegar e proporcionando uma experiência agradável ao usuário.

Algumas pessoas ainda oferecem resistência em fazer compras online, outras são desconfiadas e, além disso, os usuários que estão acostumados a comprar pela internet querem muita informação, interatividade e agilidade.

Por isso, um design de loja virtual bem estruturado pode se configurar em um excelente exemplo de vantagem competitiva.

Para te ajudar a entender como o design pode ser bastante útil para melhorar a conversão de seu e-commerce, fique ligado nestas dicas abaixo:

Turbinando o design da loja virtual
Vários fatores podem influenciar positivamente a conversão em seu e-commerce, do logotipo da loja virtual até a criatividade do design do site, tudo isso faz diferença.
Mas vamos nos concentrar em dicas mais práticas e objetivas, como sugestões para fazer uma ótima landing page, por exemplo.

Velocidade de abertura
Independente da beleza, funcionalidade ou quantidade de informações e imagens que queira colocar em sua página de e-commerce, ela deve abrir rapidamente. Caso contrário, os usuários vão fugir.

Sua página não precisa parecer um catálogo eletrônico
As pessoas querem conhecer seus produtos, mas também querem informações, beleza, usabilidade e, principalmente, uma experiência agradável em sua a página. Evite um design “quadrado” e chato.

Elementos de confiança
Ainda existe muita resistência de algumas pessoas para usar o e-commerce. Por isso, ao definir os elementos que vão compor o design de sua loja virtual, não esqueça de incluir alguns destes, que trazem mais confiança ao usuário:

• Selos de segurança, como Certisign, por exemplo.
• Citações de seu e-commerce na mídia.
• Depoimentos de usuários.
• Avaliações de clientes sobre produtos, prazos de entrega, confiabilidade etc.
• Links com os logos de suas redes sócias, para serem rapidamente consultadas.
• Contatos e endereços facilmente localizáveis.
• Dados sobre a empresa, para mostrar como é sólida: número de lojas, cobertura nacional, quantidade de entregas diárias e fatos como estes.
• Algumas empresas gostam de associar sua marca ao nome dos donos ou de outras instituições que as controlam, quando essas são conhecidas e de confiança.

Elementos “above the fold”
Quando você abre um site de e-commerce (ou qualquer outro) uma parte das informações aparece na tela. O que está abaixo desse limite só poderá ser visto se for usada a barra de rolagem.
Está área visível ao abrir o site é chamada de above the fold e você deve garantir que o design de sua loja virtual apresente as principais informações nesta parte superior da página, ou seja:

• Chamada principal.
• Característica do produto ou serviço.
Call to action.
• Pequeno formulário para coletar dados do cliente.
• Alguns elementos de confiança.
• Link para mídias sócias.
• Benefícios do produto ou serviço.
• Foto do produto, entre outras.

Melhore a experiência do usuário
Além de obter informações, quem navega em seu e-commerce quer compartilhar e pedir opiniões, é por isso que mais uma vez insistimos na presença dos links para redes sociais. Além disso, o design de sua loja virtual não deve ser poluído e exageradamente complexo, espaços vazios não são pecados, são pausas entre informações.

Quanto às imagens, evite abusar de bancos de imagens, quanto mais exclusivas as fotos, mais realista e interessante será seu site. Não exagere também no número de cliques para fechar a venda, mas pode usar a vontade títulos, sub títulos, bullets e listas, que facilitam a leitura e o escaneamento rápido do texto.

Call to Action
Um bom Call to Action deve conter:

• Um verbo de ação.
• Passar senso de urgência.
• Esclarecer resumidamente o benefício.
• Indicar o próximo passo para obter a promessa.
• Cores chamativas.

Para tudo isso, faça testes A B independentes por elemento, até chegar à melhor combinação de todos eles para converter mais vendas!

Fonte: E-commerce Brasil

  • Share this post
Previous Post Next Post

Leave a Reply

Your email address will not be published.  Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.