Big data, o que é?

0

A era digital possui várias vantagens, permitindo que o desempenho de uma campanha de marketing seja calculado com mais precisão e detalhes. No ambiente offline, a coleta de dado sobre a campanha costuma ser imprecisa. As ferramentas digitais fornecem dados completos sobre o público e os resultados das ações. Inúmeras empresas já perceberam o valor do Big Data no comércio eletrônico e estão utilizando cada vez mais essas informações para tomarem as melhores decisões. Dessa forma, todos os passos são calculados e as chances de erro diminuem consideravelmente.

Quer saber o que é Big Data e seus benefícios para o comércio eletrônico? Continue lendo e confira!

É um termo utilizado para descrever o grande volume de dados obtidos na web. As origens dessas informações são diversas, e podem ser extraídas de sites, redes sociais, transações comerciais, entre outras.

Todos os usuários deixam seus rastros na internet, e esses vestígios são usados em favor das empresas. Esses dados são divididos em estruturados e não estruturados. O primeiro, refere-se às informações básicas, como idade, sexo e localização geográfica. Já os dados não estruturados são mais complexos, retirados de comentários, vídeos, e-mails, etc.

Quais são as vantagens do Big data no comércio eletrônico?

  • Conhecer seus clientes: Um dos fatores cruciais para o seu e-commerce ganhar um lugar de destaque é conhecer os consumidores. Somente assim é possível oferecer produtos de acordo com suas necessidades. Logo, você não ficará com produtos encalhados e nem faltará no estoque;
  • A comunicação é melhor direcionada: Outro motivo fundamental para obter informações do seu público é tornar a sua comunicação bem-sucedida. Quando você segmenta as suas ações de marketing e utiliza a linguagem correta, as chances de impactar positivamente a audiência são maiores. Ou seja, você sabe exatamente o que falar e quais canais dão retorno;
  • Fica por dentro das tendências: Quando a leitura do Big Data é bem executada, você consegue identificar alguns padrões e novas tendências. Se determinado produto não tem grande procura mas você percebe que o volume de buscas está subindo, pode ofertá-lo e sair na frente da concorrência. Sendo assim, quando a demanda estiver acima do normal, os consumidores já estarão habituados a comprarem de você;
  • A experiência do usuário melhora: Com a análise de dados e os ajustes necessários, você garante a melhor experiência para o usuário. Tanto o seu site pode ser otimizado para que ele tenha a melhor usabilidade, quanto o seu atendimento consegue ser personalizado de acordo com o perfil da pessoa. Desse modo, o tempo de permanência na loja virtual, a conversão e a fidelização melhoram.Podemos concluir então que o Big Data no comércio eletrônico é essencial para conhecer o público-alvo, direcionar melhor as ações de marketing, identificar tendências e melhorar a experiência do usuário. No entanto, é importante frisar que a quantidade de dados não é o fator determinante, e sim o que você faz com essas informações. 

Fonte: frenet

  • Share this post
Previous Post Next Post

Leave a Reply

Your email address will not be published.  Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.