Email Marketing | Saiba como ter uma lista compradora

0

Quem nunca ouviu “o dinheiro está na lista” ou que “o maior ativo de uma empresa é a sua lista de emails”?

Essas afirmações são verdadeiras, porém muitas empresas não sabem como criar uma lista de email compradora. Elas têm lista de milhares de e-mails que no final das contas não geram venda nenhuma. O que era para ser um ativo passa a ser um custo. Se esse é o seu caso ou se sua empresa ainda não tem uma lista de emails, me acompanhe neste artigo e descubra como criar uma lista de email compradora para que sua empresa não gaste milhares de reais sem ter um bom retorno em vendas.

Mas, o que é email marketing?

O email marketing é uma estratégia de marketing que visa capturar emails do seu público-alvo e a partir daí, manter um relacionamento com ele para que ele se torne um cliente.

Mas antes de começarmos a falar sobre como criar uma lista compradora, você precisa saber dos benefícios de usar o email marketing nos seus negócios.

POR QUE FAZER EMAIL MARKETING?

Uma lista de emails é a arma mais poderosa que você pode ter no seu negócio. Através dela você pode ter um contato direto e imediato com pessoas interessadas no que você tem a oferecer. (Ainda neste artigo vou te ensinar como atrair essas pessoas interessadas para a sua lista.)
Geralmente as pessoas não fazem uma compra num primeiro contato. São necessários outros contatos positivos para se adquirir a confiança necessária para realizar a compra.
Ter um contato positivo frequente com essas pessoas proporcionará uma maior credibilidade para a sua empresa. A confiança é o resultado deste processo. Costumamos comprar de quem conhecemos e confiamos. Desta forma, a venda de um produto ou serviço se torna muito mais tranquila para o cliente. O resultado disso tudo é uma taxa de conversão em vendas muito maior.
Além disso tudo, através da sua lista de emails você pode promover artigos do seu blog gerando cada vez mais tráfego. As pessoas da sua lista poderão conhecer cada vez mais o seu trabalho e ver como sua empresa pode solucionar os problemas que elas têm. Isso gera mais confiança que gera mais vendas.
Quando pessoas da sua lista compram pela primeira vez e se sentem satisfeitas (seu produto ou serviço precisa ser de qualidade) fica muito mais fácil vender para elas novamente. Sua empresa já terá o contato de um cliente satisfeito e isso vale muito!
Ou seja, sua lista pode realmente ser um ativo se for bem utilizada.
Mas atenção! É importante saber que essa lista precisa ser de emails autorizados. As pessoas precisam permitir que você mande emails sobre determinados assuntos para ela. Não caia na armadilha de compra uma lista de emails pronta. Além de passar uma péssima imagem pra quem você quer vender, isso é uma prática mal vista denominada SPAM.
Agora vamos falar sobre como você pode criar uma lista de email compradora.

CONHEÇA BEM O SEU PÚBLICO-ALVO

Esta parte é essencial para se ter sucesso com a sua lista de e-mails. Defina bem quem é o seu público-alvo e você estará mandando conteúdo para as pessoas que realmente podem se tornar seus clientes.
Quando você conhece bem seu público-alvo não corre o risco de gastar tempo mandando emails e conteúdo para pessoas que nunca vão comprar de você. É a mesma coisa que querer vender uma camisa do Vasco para um torcedor do Flamengo! Essa pessoa nunca vai comprar de você.
Crie um cliente perfeito imaginário. Se pergunte do que ele gosta, pelo que ele se interessa, qual é o padrão de vida que ele leva, é casado ou solteiro e por aí vai. Desta forma, as suas mensagens e ofertas irão atingir a pessoa certa. É claro que nem todos os seus clientes serão exatamente como esse cliente imaginário mas serão muito próximos.
Procure entender as necessidades e desejos que seu potencial cliente tem e atraia as pessoas certas para o seu negócio. Qualquer anúncio ou email que você mandar chamando a atenção para essas necessidades e desejos atrairão clientes e não somente curiosos.

QUALIDADE X QUANTIDADE

Muitas pessoas acham que se tiverem uma lista de milhares de emails vão vender mais. Não vá pelo mesmo caminho.
O mais importante é ter uma lista que, mesmo sendo pequena, tem pessoas que realmente podem se tornar seus clientes. Há vários casos de pessoas que conseguiram fazer muitas vendas com uma lista pequena.
Quanto mais qualificadas forem as pessoas da sua lista maior será a taxa de conversão em vendas.
Você deve estar se perguntando: “Como faço para atrair as pessoas certas para a minha lista?”
Bem, depois de definir bem o seu cliente ideal crie algum conteúdo que seja atraente para ele e transforme em uma recompensa digital.
Essa recompensa pode ser em forma de ebook, vídeo, áudio…qualquer um. Faça anúncios desse material e entregue como recompensa para as pessoas que te entregam seus emails.
Faça uma recompensa que solucione algum problema que as pessoas possam ter relacionado ao seu negócio. Quanto mais problemas você solucionar mais elas confiarão no seu trabalho.

PROMETA O QUE PODE CUMPRIR

Na página de captura é onde as pessoas deixarão seus emails em troca da solução de algum problema que você está oferecendo. Por isso, todo o conteúdo do seu ebook ou vídeo deve estar de acordo com a promessa que você está dando.
Muitas empresas fazem promessas que não conseguem cumprir só para conseguir o email das pessoas. Mas isso, na verdade, é um tiro no pé. Isso fará com que elas não abram mais seus emails ou até mesmo se descadastrem de sua lista. E o que você precisa é que elas se conectem e confiem na sua empresa.
Sendo assim, cumpra o que prometeu e o seu público ficará grato e envolvido com o que sua empresa pode oferecer.

AUTORESPONDER QUE GERA VALOR

Após o cadastro da pessoa na sua lista é que começa todo o trabalho de email marketing. Sua empresa deverá mandar mensagens com conteúdos que complementem o que já foi entregue para ela.
Mas fazer isso manualmente toda vez que uma pessoa se cadastra na sua lista é totalmente inviável. Para isso, existem ferramentas de email marketing que fazem todo esse trabalho automaticamente.
Programe as mensagens que serão enviadas para as pessoas da sua lista com mais informações e conteúdos relevantes divididos em etapas nas sequências de emails. Faça uma série de treinamentos, série de dicas ou entrevistas para engajar cada vez mais a sua lista.

Uma lista engajada é uma lista compradora!

  • Share this post
Previous Post Next Post

Leave a Reply

Your email address will not be published.  Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.